13
Mar
2020

A confederação Nacional das Associações Estudantis (CONAEGUIB) projecta desencadear uma campanha de sensibilização de retorno às aulas efectiva dos estudantes guineenses

A projecção transmitida, esta sexta-feira (13), pelo presidente desta organização estudantil durante uma conferência de imprensa na sequência da assinatura de acordo entre o governo e centrais sindicais do país para o levantamento da greve que afecta o sector da educação.

De acordo com Bacar Darame, é urente a realização desta campanha de sensibilização juntos dos pais e encarregados de educação para o retorno dos alunos às salas de aulas uma vez que o Sector Autónomo de Bissau é que mais foi afectado com a greve.

“O nosso trabalho neste momento é mais urgente de realizar uma campanha de sensibilização junto dos pais e encarregados de educação para o retorno massivo dos alunos e assim como dos professores dada a perda por muito tempo das aulas”, explicou presidente da CONAEGUIB.

Questionado se há condição para validação deste presente ano electivo nas escolas que são afectadas, este responsável dos estudantes guineense diz que é prematuro pronunciar sobre assunto.

“A questão de validar ou não validar tem uma responsabilidade competente que é do ministério da educação nacional que no global tem os técnicos qualificados para detectar a impossibilidade, mais, na nossa opinião é prematura falar do assunto agora”, referiu Bacar Darame.

As escolas públicas do país foram afectadas com sucessíveis vagas de paralisações dos centrais sindicais que tem decorrido sempre nas terças a quinta-feira.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Marcelino Iambi

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più