07
Jun
2018

O presidente da Câmara Municipal de Bissau (CMB) promete, dentro de dez (10) dias, tomada de medidas sobre os estacionamentos irregulares das viaturas e das oficinas nas avenidas do país. As medidas também irão abranger as placas de publicidades fixadas ao longo da avenida “que não respeitam regras”

A promessa tornada pública, esta quinta-feira (07 de Junho),em Bissau, no ministério da administração Territorial, depois da cerimónia da sua posse e igualmente do seu vice e dos governadores regionais.

Segundo, Luiz Melo as medidas vão ser tomadas dentro de 10 dias como forma de organizar a cidade de Bissau.

Em relação a venda no passeio, o responsável camarária fala na sensibilização dos vendedores e na criação de condições para as práticas comerciais nas vias.

“Temos que sensibilizar os vendedores em vez de lhes retirar nos passeios e também devemos criar condições nos locais que praticam o comércio”, diz.

No que se tange às construções das casas nas zonas húmidas, Luiz Melo promete tomada de medidas que proibi a concessão de terrenos naquelas zonas que tem vindo a fechar lençóis.

Segundo ele, a situação da higiene e saneamento vai ser resolvida para dar outra visão a cidade de Bissau com casas de banhos móveis nas ruas.

“Iremos proibir a concessão dos terrenos nas zonas húmidas uma vez que é uma situação que herdei e que é muito complicada porque é uma ameaça à mudança climática”, alerta.

Por outro lado, o presidente da Câmara Municipal de Bissau disse que o seu objectivo é de reforçar a limpeza nos bairros dado o período chuvoso onde se enfrenta a ameaça das doenças e igualmente vai centrar-se na organização da cidade de Bissau.

Segundo, a CMB o lixo constitui um dos grandes problemas que a Guiné-Bissau enfrenta, “diariamente se produz-se cerca de 250 toneladas de lixos na cidade de Bissau” e é uma ameaça a vida na planeta terra para além de poluir o solo, a água e o ar, afecta também os animais e veicula doenças.

São poucos os depósitos de lixos colocados nas ruas.

 

Por. Elisangila Raisa Silva dos Santos / Marcelino Iambi

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più