19
Aug
2019

A República Popular de China manifestou-se disponível em apoiar o país principalmente nas eleições presidências que se avizinha.

A garantia é do embaixador do país asiático na Guiné-Bissau depois do encontro esta segunda-feira com o presidente da República cessante José Mário Vaz.

“ A China está disposto a apoiar a Guiné-Bissau e já doamos donativos tanto ao governo como a Comissão Nacional de Eleições”, manifestou.

O diplomata chines diz que foi agradecer o presidente cessante José Mário Vaz para lhe agradecer em nome do seu homólogo chines pela felicitação a eleição do ex-ministro chines de agricultura ao cargo do director-geral Do Fundo das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO).

Sobre a tao propalado arroz do povo, o diplomata chines diz estarem a espera dos resultados da investigação sobre o desvio do referido arroz que envolve o ex-ministro de agricultura Nicolau dos Santos.

“ Não tenho as informações finais, mas que eu saiba o arroz já está praticamente distribuído pela comissão criada pelo governo. Também sei que está a ser conduzida uma investigação a respeito, mas não sei se já se chegou a uma conclusão”, explicou o diplomata chines.

“ As eleições presidenciais são muito importantes para o desenvolvimento da Guiné-Bissau”

Entretanto, Embaixador do Japão para Guiné-Bissau comprometeu esta segunda-feira (19/8) apoiar o país nas eleições presidências marcadas para 24 de Novembro.

Tatsuo Arai falava aos jornalistas momento após a audiência que manteve com o Primeiro-ministro Aristides Gomes.

“As eleições presidenciais são muito importantes para o processo do desenvolvimento do país. Então, vamos apoiar essas eleições como tínhamos apoiado as legislativas” afirmou o Embaixador.

Tatsuo Arai disse ainda que, o encontro serviu para debruçar sobre a parceria da Guiné-Bissau e Japão, tendo adiantado neste momento estão a preparar a entrega de barco para a ligação das ilhas dos Bijagós à zona continental.

“Discutimos sobre a nossa parceria Guiné-BissauJ/apão. Nós tínhamos financiado a realização das eleições legislativas de 10 de Março e, também, realizamos agora a assistência alimentar e preparamos para entregar o barco para ligação das ilhas dos Bijagós a área continental”, rematou o diplomata.  

O japão tem apoiado a Guiné-Bissau nas eleições legislativas resultante do actual Governo, e compromete ainda em continuar apoiar o país nas eleições presidências marcada para 24 de Novembro do ano em curso.

Por: Nautaran Marcos Có/ Quina Nhaté

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più