O Banco Africano de Desenvolvimento reafirmou, esta segunda-feira, o compromisso com o governo da Guiné-Bissau, através da assinatura de um acordo entre o ministro da Economia e Finanças, Geraldo Martins, e o representante regional da instituição, Mamadou Lamine N'Dongo.

O acordo prevê o financiamento de três projetos no âmbito do reforço de governação económica e financeira, estimado num montante de 4,17 mil milhões de francos CFA, melhoramento do serviço elétrico da cidade de Bissau, no valor de 11 mil milhões de francos CFA e o projeto da OMVG, no valor de 3,75 mil milhões francos CFA.

Após a assinatura, o ministro da Economia e Finanças, Geraldo Martins, anunciou que o montante global do apoio está fixado em 19 mil milhões de francos CFA e referiu a importância dos projetos nas diferentes áreas de intervenção.

"São projetos extremamente importantes que vão ajudar a Guiné-Bissau a melhorar seu desempenho em termos de gestão das finanças públicas, da melhoria dos mecanismos de controlo das finanças públicas e de combate à corrupção, mas também são dois projectos na área de energia de importância capital que vão apoiar a melhoria de distribuição da energia elétrica em Bissau, através da reabilitação e da extensão da rede, mas também o projecto da OMVG que vai ajudar a trazer 28 megawatt de energia eléctrica que provirão das barragens de Caleta e Samba gallou na república da Guiné -conakri", destacou.

Geraldo Martins assegurou ainda que os projetos vêm testemunhar a confiança que o BAD continua a depositar nas autoridades da Guiné-Bissau. Disse também que os três projetos estão em coerência com o plano estratégico "Terra Ranka" e que o apoio não se limita a esses projetos.

" Estamos agora em condições de começar a desembolsar alguns dos fundos prometidos na mesa redonda. A Carteira dos projectos do BAD na Guiné-Bissau não se limita a esses três projectos. Há um apoio orçamental conseguido há dias e o estudo de viabilidade que está a ser feito neste momento na barragem de saltinho", finalizou.

Da parte do BAD, o representante regional, Lamine N'Dongo afirmou que a sua instituição está disponível para continuar a apoiar a politica de desenvolvimento a ser implementada pelo governo e manter todos os compromissos assumidos no âmbito da mesa redonda de Bruxelas.

 

Podcast

podcast

Escute quando quiser as emissões da Rádio Sol Mansi.

 

 

 

Ouvir

Escreva à RSM

email 

Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più