11
Sep
2019

O ministro da Educação Nacional e Ensino Superior voltou a garantir, esta quarta-feira (11), que as aulas nas escolas públicas do país vão mesmo começar na próxima segunda-feira (16 de Setembro)

A garantia do governante foi transmitida aos jornalistas a margem da abertura da mesa redonda de consciencialização dos partidos políticos, empresários e multinacionais sobre o financiamento doméstico da educação.

O evento é organizado pela Rede de Campanha de Educação Para Todos na Guiné-Bissau.

Questionado na mesma ocasião sobre as condições para o início das aulas na próxima segunda-feira, Dautarin Monteiro da Costa disse que as condições objectivas que existem hoje são as mesmo que existirão no primeiro dia de Outubro.

Portanto, do ponto de vista do calendário de recuperação “é fundamental que as aulas começassem no dia 16 do mês corrente”.

O titular da pasta da educação, Dautarin da Costa, revelou que neste momento está no terreno a equipa dos recursos humanos do Ministério da Educação para abordar o estatuto da carreira docente junto aos professores.

O ano mais afectado é este de 2018/19, o que motivou o executivo liderado por, Aristides Gomes, a prolongar o ano lectivo para até Janeiro de 2020, sobre tudo para as escolas mais afectadas com a greve.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più