11
Jul
2016

 

A comissão nacional de peregrinação aos lugares sagrados de Meca pediu aos candidatos a peregrinação 2016 que processam os seus pagamentos até o final deste mês.

Recomendação deixada, esta segunda-feira, pelo Aladje Siradju Bari, coordenador da comissão na província Leste em nome da comissão, durante uma conferência de imprensa, na sede do comissariado em Bissau.

“Acabamos o ramadão a dias, agora estamos a preparar para irmos cumprir o quinto pilar do islão na cidade santa de Meca, já esta aberto o atendimento aos candidatos e o número de conta do ano passado é o mesmo á ser usada deste ano, é só depositar e entregar o talão junto com os outros documentos necessários para esta viagem” disse Aladje Siradju Bari.

Aladje Siradju Bari explica que o ultimo dia de atendimento dos candidatos na sede do comissariado será no dia de “Arafat” e no dia de “Adju”, que é o dia que não deve ser perdido por um peregrino, o que corresponde o final deste mês, e assim os passaportes poderá ser levados até Dakar para receber vistos no prazo previsto.

Este responsável afirma ainda que o valor do pagamento foi fixado tendo em conta o preço da sub-região, “mas devido a situação do país os peregrinos da Guiné-Bissau vão pagar 2 milhões e quinhentos cfa, incluindo todos os reembolsos e as despesas da estadia durante os dias da peregrinação na Meca”, explicou.

Refere-se que em 2015 os fiéis muçulmanos da Guiné-Bissau não conseguiram ir a peregrinação à cidade santa de Meca, devido, a crise política que o país vivia na altura.

O alto comissariado para peregrinação aos lugares sagrados do islão é uma célula governamental de apoio às organizações islâmicos no cumprimento deste ritual religioso que se realiza em Meca e Medina, na Arabia Saudita.

Por: Anésia Tavares Gomes

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più