Igreja Católica: VIGÁRIO GERAL QUER GUINEENSES RECONCILIADOS DEVIDO AO CONTEXTO POLÍTICO DIFÍCIL

O Vigário-geral da Diocese de Bissau convidou, hoje, os vigários forâneos, irmãs e párocos no sentido de colaborarem para que a sociedade guineense seja reconciliada devido ao contexto político difícil que o país atravessa.

O convite do vigário-geral foi tornado público, esta quarta-feira, numa entrevista à Rádio Sol Mansi depois do Conselho Pastoral Diocesano (CPD) realizado na Cúria Diocesana de Bissau.

O Novo Ano Pastoral 2022/2023 sob lema: “Rumo a uma Igreja de Comunhão, Participação e Missão”.

Padre Davide Sciocco lembra aos responsáveis pastorais que o momento que o país enfrenta é muito delicado, por isso, a igreja deve dar a sua contribuição para paz, justiça, reconciliação e dialogo sobretudo diálogo inter-religioso.

“A mensagem para os coordenadores diocesanos, párocos, irmãs, religiosos e leigos para empenharem na criatividade sobretudo procurando melhores caminhos porque como a igreja devemos dar uma colaboração para que a sociedade guineense seja uma sociedade reconciliada, da paz, justiça, reconciliação e diálogo sobretudo, diálogo inter-religioso devido ao contexto político difícil que o país atravessa”, convidou o Vigário-geral.

O Vigário-geral da Diocese de Bissau disse que o mais importante neste momento é tornar as vigararias forâneas mais fortes por forma a fazer com que a missão da igreja seja vista.

“Vimos que o mais importante para a diocese de Bissau é tornar mais fortes as vigararias onde contamos com as paróquias de Bissau, Oio, Biombo, Cacheu norte e sul a fim de serem verdadeiramente lugares de comunhão para que a missão seja mais eficaz”, destacou Padre Davide Sciocco.

No decorrer do Conselho Pastoral Diocesano, o Vigário Episcopal para Pastoral, padre António Imbombo, referindo-se ao lema, diz acreditar que o ano pastoral a iniciar será melhor, atendendo a seu lema que é “Rumo a uma Igreja de Comunhão, Participação e Missão”.

“O ano pastoral será melhor porque o lema disponível é Rumo a uma Igreja de Comunhão, Participação e Missão neste sentido apelo a todos, principalmente aos batizados para estarem em frente desta dinâmica como convida o Papa para mostramos unidos a combater força do mal que ameaça a humanidade”, acrescentou Vigário.

O encontro do Conselho Pastoral Diocesano contou com a participação dos vigários forâneas (delegados do bispo), coordenadores das diferentes comissões assim como a participação dos párocos.

 

 Por: Rádio Sol Mansi

Escreva à RSM

email Entre em contato com a Rádio Sol Mansi.

Continuar

Ajuda RSM

helpContribua para a manutenção dos nossos equipamentos e a formação da nossa equipa.

Ajuda

Subscreva notícias

© Radio Sol Mansi
Cookie Policy | Privacy Policy

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più