IGREJA CATÓLICA DA GUINÉ-BISSAU PEDE PARTICIPAÇÃO POSITIVA DE JOVENS NA JORNADA DE PANAMÁ

Os Bispos de Bissau e de Bafatá pedem aos jovens que irão na 34ª Jornada Mundial de Juventude para trazerem as experiencia positivas para a Guiné-Bissau que visa ajudar a Igreja a cumprir melhor a sua missão

No encontro realizado, esta terça-feira (08), em Bissau, entre os bispos e os jovens que participarão na jornada, o bispo de Bissau pede aos jovens para adquirirem experiencia que poderão apoiar a Igreja no cumprimento da sua missão.

“O papa falou de generosidade para incentivar os jovens a irem para a jornada então é uma oportunidade que vocês têm de ir encontra novos irmãos com a mesma fé”

Dom pedro Zilli disse que a Guiné-Bissau recebeu vários apoios do Vaticano e outros irmãos porque “é muito longa a viagem e não é fácil só a inscrição que está acima dos 2.500 dólares”

“Será no dia 22 a 27 de Janeiro em panamá que tem como lema “Maria que disse eu sou a serva do Senhor que se faça em mim segundo a sua vontade”, então vão se encontra co, jovens de outros países. Saberão que não estão só”.

A jornada decore em panamá e esta será a terceira Jornada Mundial da Juventude presidida pelo Papa Francisco, depois do Rio de Janeiro, em 2013, e Cracóvia em 2016.

A Guiné-Bissau participa com 10 jovens; 5 de diocese de Bissau e 3 de Bafatá.

 

Por: Elisangila Raisa Silva dos Santos / Iasmine Fernandes

Questo sito fa uso di cookie per migliorare l’esperienza di navigazione degli utenti e per raccogliere informazioni sull’utilizzo del sito stesso. Leggi di più